RESIDE
Rede de Sítios Arqueológicos para o Desenvolvimento


O Circuito da Romanidade

Este projecto trata essencialmente da utilização de sítios arqueológicos como recurso num contexto de desenvolvimento local sustentável. Os sítios que fazem para desta rede são Arles (França), Mértola (Portugal), Constanta (Roménia), Merida (Espanha) e Sbeitla (Tunísia).

Os objectivos do programa desta rede são :
a definição de uma estratégia comum aos quatro sítios, a produção e comercialização de produtos culturais, artesanato e circuitos turísticos visando a valorização do património arqueológico com uma finalidade económica;
a estruturação da actividade turística, permitindo aos sítios arqueológicos e zonas envolventes aumentarem a sua capacidade de auto-financiamento;
a redacção de uma “Carta de Qualidade” estabelecida em comum acordo com os profissionais e gestores do património cultural, os artesãos, as autoridades locais e instituições responsáveis pelo património arqueológico e os operadores turísticos;
 
Le projet Reside a été financé
par la Commission Européenne
dans le cadre d'un programme
ECOS-OUVERTURE
     
     
     
     
a elaboração de um plano de desenvolvimento e a definição de uma política de valorização económica para encontrar um modelo de impactos que tenham características duráveis sobre o desenvolvimento local, que tenha por vocação manter estes locais e aumentar a possibilidade de criação de novos postos de trabalho, através de um acesso aos mercados do turismo cultural e patrimonial;
a constituição de uma rede europeia de trabalho trans-sectorial composta pelos representantes das colectividades públicas, dos operadores privados, dos profissionais do turismo e do património cultural. Este projecto foi desenvolvido no quadro de um financiamento concedido pelo Programa ECOS-OVERTURE, da União Europeia. O projecto foi iniciado no Verão de 2000 tendo uma duração aproximada de 36 meses.